domingo, 7 de junho de 2009

"(...)
Quando ela dança, às vezes o passado se une ao futuro,
E tudo que importa é o momento presente, que parece abranger todos os tempos.
Cada passo torna-se uma rede, na qual captura sua vida,
E a ilumina para que os outros possam ver,
Depois a deixa ir, como um sonho.
É verdade que, geralmente, quando ela dança,
Ela mostra cada parte de sua história
Mas outras vezes, quando ela dança,
Sua história desaparece.
Ela é qualquer pessoa que queira ser quando dança.
(...)"

9 comentários:

  1. Simplesmente lindo este trecho, uma amiga já havia escrito ele todo pra mim, guardo até hoje... :~



    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  2. Adorei! Esse trecho faz parte de que texto? Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá, amei seu blog e adoro esse poema!
    Se puder dá uma visitada no meu tb.
    bjos

    ResponderExcluir
  4. Ah, faz parte de um texto que achei num site com pensamentos... Pega uma parte e pesquisa no google, que aparece :)
    Vou visitar Mah, obrigada pela visita, beijão a todas! :)

    ResponderExcluir
  5. Lindo demais , toca la no coracao , pra quem ama a danca , ballet , como eu . Parabéns pelo blog , lindíssimo .

    ResponderExcluir
  6. Perfeiito MUiito Perfeito Mesmo ¬¬

    ResponderExcluir

Sugestões, elogios, críticas, dúvidas, qualquer-outra-coisa-mais? Deixe um comentário! Sua opinião é sempre bem-vinda :)